classificação de desinfetantes ppt

PPT – Processamento de Produtos Agropecu PowerPoint ...- classificação de desinfetantes ppt ,Não deixar de fazer higiene das instalações, como lavagem, aplicação de desinfetantes etc.. 7 Mastite Medidas Profiláticas. Colocação de pedilúvios na entrada e saída da sala de ordenha. Não deixar de efetuar o pré e o pós dip, com uso de desinfetantes apropriados. Retirar do rebanho as vacas que contenham lesõesDesinfetantes | PDF | Desinfetante | MicrobiologiaClassificação de Spaulding. Classifica os artigos em três categorias (1960) Não críticos ± artigos que entram em contato com pele íntegra - estetoscópios, otoscópios, utensílios de refeição, roupas, eletroencefalógrafos, muletas. Principais esterilizantes e desinfetantes químicos líquidos. Álcool etílico 70%



Modulo1 introduçãoàindústriaquimica

Jul 20, 2013·Módulo2 ppt-estática-dinâmicadefluidos Fersay. 5 permuta ionica-tecnologia-quimica Fersay. Mod 5 transferencia-de-calor-vs 2013-2014 ... • Classificação dos processos de produção química. • Classificação das indústrias químicas e seus segmentos. • Tipos de fluxogramas. • Necessidade de energia nas indústrias químicas ...

Apresentação do PowerPoint

Vejamos alguns exemplos: NÚMERO DE LADOS/ÂNGULOS NOME FORMA 3 TRIÂNGULO 4 QUADRILÁTERO MATEMÁTICA, 6º Ano POLÍGONOS: triângulos – definição e classificação – resolução de situações problemas NÚMERO DE LADOS/ÂNGULOS NOME FORMA 5 PENTÁGONO 6 HEXÁGONO 7 HEPTÁGONO MATEMÁTICA, 6º Ano POLÍGONOS: …

PPT – Desinfec PowerPoint presentation | free to download ...

registro de novos produtos saneantes na categoria "esterilizantes" para aplicação sob a forma de imersão, a adequação dos produtos esterilizantes e desinfetantes hospitalares para artigos semicríticos já registrados na ANVISA e dá outras providências. - Resolução RE nº 2.606, de 11 de agosto de 2006 Dispõe sobre as diretrizes para

Apresentação do PowerPoint - NasceCME

- Parâmetros de qualidade da água para enxágue de acordo com a RDC Nº 15, segundo a Portaria 2914 Dureza total - 500 mg/L Ph - 6,0 a 9,5 Turbidez – 5 UT Íons cloreto – 250 mg/L Cloro residual livre - 0,2 mg/L Cobre – 2 mg/L Ferro – 0,3 mg/L Manganês- 0,1 mg/L Carga microbiana < 500 ufc/mL CT e Eoli < 1 ufc/mL Vmp – valores ...

ClassificaçãO E TipificaçãO De CarcaçAsaula

Aug 30, 2009·Classificação e Tipificação de Carcaças Professora Samira Mantilla Site www.microdealimentos.blogspot

Apresentação do PowerPoint

Classificação de acordo com a finalidade •Diagnóstica ou exploratória: para se visualizar as partes internas e/ou realizar biópsias (laparotomia exploradora) •Curativa: correção de alterações orgânicas (retirada da amígdala inflamada); reparadora, quando da reparação de múltiplos ferimentos (enxerto de pele)

Lección 22. Antipsicóticos.

–Sequedad de boca, estreñimiento, visión borrosa, retención urinaria. 6. Cardíacos (Alargamiento del intervalo QT y ensanchamiento del complejo QRS ) –Podría favorecer la aparición de arritmias graves y de muerte súbita 7. Convulsiones –En pacientes epilépticos o con lesiones cerebrales orgánicas 8.

CENTRO CIRÚRGICO: COMPREENDENDO SUA ESTRUTURA …

de todos os envolvidos na construção, manutenção e utilização de empreendimentos hospitalares. A preocupação tem sentido, pois a infecção hospitalar se apresenta como um mal que custa vidas e recursos financeiros. Estima-se que no Brasil, 15% dos pacientes internados sejam afetados por este problema e

Slide 1

Desinfecção e Esterilização de artigos médico-hospitalares Silvia Alice Ferreira Divisão de Infecção Hospitalar Limpeza Processo de remoção mecânica das sujidades, realizado com água, sabão ou detergente, de forma manual ou automatizada Limpeza Manual detergente (enzimático) escovas jatos de água água quente Limpeza Automatizada equipamentos específicos …

FORMAS FARMACÊUTICAS

1. Papel de filtro: Usado na filtração de soluções não viscosas ou de baixa viscosidade. Emprega-se papel pregueado (não liso) quando se quer aproveitar o sólido retido. 2. Gaze e algodão: Para xaropes e soluções viscosas. Na filtração ficam retidos materiais estranhos à formulação. Todos os medicamentos preparados sob a forma de ...

Slide 1

Desinfecção e Esterilização de artigos médico-hospitalares Silvia Alice Ferreira Divisão de Infecção Hospitalar Limpeza Processo de remoção mecânica das sujidades, realizado com água, sabão ou detergente, de forma manual ou automatizada Limpeza Manual detergente (enzimático) escovas jatos de água água quente Limpeza Automatizada equipamentos específicos …

Apresentação do PowerPoint | slideum

Transcript Apresentação do PowerPoint PRODUÇÃO DE LEITE Nível de contaminação reduzido e melhor performance de produção e rentabilidade. A única maneira de enfrentar e eliminar os riscos de biofilme é para tirar do biofilme, evitar a sua re-crescimento e matar a contaminação microbiana.

No Slide Title

* Legislação de saneantes Portaria n.º 15 de 23 de agosto de 1988 CLASSIFICAÇÃO: DESINFETANTES HOSPITALARES PARA ARTIGOS SEMI-CRÍTICOS: produtos exclusivos para uso em hospitais e estabelecimentos de saúde. Microorganismos para avaliação: Staphylococcus aureus, Salmonella choleraesuis, Pseudomonas aeruginosa, Tricophyton …

Classificação de risco e níveis de biossegurança ...

OGM: classe de risco I A. Organismo receptor e parental: - não patogênico -com amplo histórico documentado de utilização segura -sem efeitos negativos para o meio ambiente B. Vetor/Inseto -deve ser adequadamente caracterizado quanto a todos os aspectos, destacando-se aqueles que possam representar

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE -------------------- …

7 1.5. Fases de implementação do plano O nível de resposta tem a ver com a fase da epidemia nomeadamente, a fase pré-epidémica, epidémica, intra-epidémica e pós-epidémica ou a classificação de três níveis : Alerta, Perigo Eminente e Emergência em Saúde Pública. Em cada uma das fases se definem acções específicas mas recordando que é na fase pré –

Deontologia farmacêutica - SlideShare

Responsabilidade no exercício da profissão, o dever ético de a exercer com a maior diligência, zelo e competência e contribuir para a realização dos objectivos de uma correcta política de saúde (Art. 6 n.º2), 3. Responsabilidade pelos actos praticados por outros profissionais sob a sua direcção (art. 7º), 57.

Slide 1

Sistema de classificação do H.R.B. Cap 13 - Classificação dos solos Índice de Grupo: Empregado no sistema da H.R.B., corresponde a um número inteiro que varia de 0 (solo ótimo quanto a capacidade de suporte) a 20 (solo péssimo quanto a capacidade de suporte). Cap 13 - Classificação dos solos IG = (F - 35)[0,20 + 0,005(LL - 40)]+ 0,01 ...

Apresentação do PowerPoint - Unidade Regionalizada de ...

SISTEMA DE CLASSIFICAÇÃO Classificação AASHTO - TRB. Classificação AASHTO - TRB São regras para determinar o índice de grupo: 1. Se a equação resultar em um valor negativo para IG, o valor é considerado como 0 2. O valor do índice de grupo calculado é arredondado para o valor inteiro mais próximo. Por exemplo : “ Se IG = 3,4 o

CME PPT - Enfermagem

CME PPT. Enfermagem • ... Microbianos, tanto medicamentosos, quanto desinfetantes. Microorganismos quando se quanto desinfetantes. Microorganismos quando se associam à biofilmes, tornamassociam à biofilmes, tornam--se mais resistentes. ... E QUÍMICOS DE QUÍMICOS DE ESTERILIZAÇÃOESTERILIZAÇÃO CLASSIFICAÇÃO DOS …

Classificação de materiais: Metais e Ligas metálicas

Sistema de classificação - Nomenclatura O sistema de classificação mais adotado na prática é o SAE-AISI. Nele, o Aço-carbono utiliza o grupo 1xxx, e é classificado da seguinte forma: · 10xx : Aço-carbono comum (Mn : 1,00% máx.) · 11xx: Ressulfurado: Aços com alto teor de enxofre (aumenta o nível de resistência) · 12xx

CME PPT - Enfermagem

CME PPT. Enfermagem • ... Microbianos, tanto medicamentosos, quanto desinfetantes. Microorganismos quando se quanto desinfetantes. Microorganismos quando se associam à biofilmes, tornamassociam à biofilmes, tornam--se mais resistentes. ... E QUÍMICOS DE QUÍMICOS DE ESTERILIZAÇÃOESTERILIZAÇÃO CLASSIFICAÇÃO DOS …

Classificação Operacional dos Tipos de Crises Epilépticas ...

de classificação dos tipos de crises epilépticas, que foram resumidas nesse documento. Um documento anexo guia o uso dessa classificação. Descrições dos tipos de crises epilépticas remontam a pelo menos a época de Hipócrates. Gastaut 3,4 propôs uma classificação moderna em 1964. Várias

Contabilidade Financeira I Lançamentos de

Quota de depreciação (Q n): 4.000,00 = 16.000 / 4 Depreciações Exemplo (Método das Quotas Constantes) A Hardsoft adquiriu uma viatura ligeira de mercadorias por €20 000 Sabe-se que a …

CURSO DE VIROLOGIA BÁSICA

CURSO DE VIROLOGIA BÁSICA Elaborado pelo Prof. Dr. Paulo Michel Roehe (Com a participação de alunos de graduação de vários cursos) EQUIPE DE VIROLOGIA Laboratório de Virologia Instituto de Ciências Básicas da Saúde – ICBS Rua Sarmento Leite, 500 – Sala 208 Porto Alegre, RS – CEP 90.050 – 170 Fone (51) 3308 3655 &

Slide sem título - anvisa.gov.br

As portas internas devem ser revestidas de material ou tintas laváveis e dispor de visores. As tinta devem ser resistentes à lavagem e ao uso de desinfetantes (base de epoxi, PVC, poliuretano, etc). Necessita de tratamento acústico, se …

Apresentação do PowerPoint

de transmissão de infecções com base nas atividades realizadas em cada local. Essa classificação auxilia em algumas estratégias contra a transmissão de infecções, além de facilitar a elaboração de procedimentos para limpeza e desinfecção de superfícies em serviços de saúde.